Gaycation… To The Hell (feat. Bolsonaro)

image

Foi lançado recentemente a série de documentários “GAYCATION” (Porra, GAYCATION ?? Sério… que caralhos uma série com essa bosta de nome quer agregar?)
em que a atriz e ex-gatinha (ficou meio derrubada depois que assumiu o visual Joãozinho) Ellen Page – a Juno e a Kitty Pryde mudinha dos filmes antigos dos X-Men – viaja pelo mundo procurando pontos turisticos GLBT e esteve no Rio fazendo algumas entrevistas, digamos assim… polêmicas. No YouTube você encontra trechos legendados do documentário em que Ellen conversa com algumas figuras no minimo controversas, como um suposto policial matador de homossexuais e o famigerado deputado Jair Bolsonaro, que vem dando (ui!) o que falar  – e não são coisas boas, muito antes pelo contrário…

Só acho engraçado é que no momento o brasil vem passando pela pior crise política e economica de sua história e o que as pessoas param pra se preocupar é com uma entrevista de um deputado meia-boca á uma ativista gringa, uma Jean Wyllys de saias (e canadense) que veio aqui apenas para gravar seu documentário advogando em causa própria para ser veiculado em seu país.

Falando especificamente do Bolsito, a entrevista e os ataques ao parlamentar focam muito na sua opinião pessoal. E antes que algum merdinha venha dizer: “ai, vc eh coxinha,  reaça, homofóbico… tá defendendo o Bolsonazi, tem que morrer…” Não, filho da puta… Não estou defendendo o Bolsonaro. Aliás, sou totalmente apolítico em se tratando de brasil (com ‘b’ minúsculo mesmo). Não voto há mais de 15 anos e tô pouco me lixando pra qualquer partido. Aliás, que fique bem claro: não sou machista, feminista, nazista, fascista, homofóbico, etc… nem sou a favor do autoritarismo, tampouco do liberalismo exagerado. Acho que deveriam ser trabalhados os direitos que temos hoje e ir aperfeiçoando até que chegue a uma parte favorável e justa PARA TODOS, sem distinção. Simples assim.

Mas, que essa entrevista da forma como foi apresentada, está totalmente comprometida, isso, qualquer boçal consegue perceber. De boa, parece, uma daquelas entrevistas cheias de corte e edição, em que colocam só aquilo que vai interessar a proposta do programa. Sinceramente, não duvido que assim como foi no caso do execrável CQC, logo apareça a íntegra desse video sem cortes, com um contexto bem diferente do que ela tentou expor – ou distorcer. Sejamos realistas: o Bolsonaro não passa de um boçal, isso é fato. Ele fala merda, MUITA MERDA. E por isso, vive se complicando e metendo os péspelas mãos, a gente sabe de tudo isso e tal. Só que, não tem como negar que essa entrevista foi sim, claramente editada pro cara ficar mais queimado do que ele já é. Assista e tire suas conclusões: as respostas estão cortadas e algumas nem tem a ver com o que ela pergunta. Deturpação é isso ai…

E, sabe de uma coisa? Tenho certeza que muita gente na política e na imprensa concorda com ele. Pouca gente ainda encara o homossexualismo numa boa. A diferença é que ele fala o que pensa e não vi muita coisa de chocante  no que ele disse, mesmo sabendo que com certeza não foi só o que vimos aqui. Eu concordo que, se uma criança cresce convivendo com esse tipo de coisa e achando isso normal, ela vai sim ser influenciada. Nenhum pai ou mãe hetero tem orgulho ou acha bom, bonito ou legal ter um filho gay. O problema da sociedade LGBT atual é querer se enfiar goela abaixo até sair pelo cu das pesoas. Exigem respeito e tolerância,  mas são os mais intolerantes e desrespeitosos na maioria – prova disso serão os comentários nojentos que eventualmente vão aparecer por aqui neste post.

http://m.youtube.com/watch?v=2cqh2xZIN48

Quem conhece o bolsonaro e dizer que ele é homofóbico per si, está agindo de má fé, está sendo tendencioso e desonesto intelectual (gosto desse termo, hahaha). O que acontece é que a imprensa e a esquerdalha o rotularam assim porque, queira ou não, ele é um dos poucos políticos de representativiade e abrangencia que faz real oposição a essa corja que está no governo hoje e que está fodendo de verdade com essa porra aqui. Tirando uma bobagem ou outra ditas por ele em alguns  momentos de estupidez crassos, a única coisa que vejo de fato o Bolsa batendo em todas as suas declarações é  sobre o abominável kit gay que o governo do PT e suas linhas auxiliares queriam empurrar nas escolas para crianças. E também tem a briga para que não sejam aprovadas leis que sejam específicas para beneficiar a parcela LGBT da sociedade – o que é muito certo,  já que existe um Código Penal que (teoricamente) protege TODAS as pessoas de preconceito, racismo e crimes de violência. Ou seja, pro Bolsonaro – e para mim também – um gay ou um hetero tem que ser tratado de forma igual perante a lei. Qual a porra do problema com isso?

image

E muita gente que o critica, o faz sem sequer pensar no que está fazendo. Ou por osmose, por estar na moda querer pagar de virtuoso defensor do politicamente correto e dos direitos humanos ou simplesmente por puro adesismo inescrupuloso, pra ficar bem na curriola dos justiceiros sociais ou na militância do partido. De verdade… what the FUCK um deputado merda como Jair Bolsonaro é influente seja lá em qual quesito for no brasil hoje? Que mal direto ou indireto ele já cometeu a qualquer classe de “oprimidos”? O máximo que ele como parlamentar pode fazer é tentar com seu voto barrar projetos de lei e olhe lá… Porque, em seus 25 anos de mandato, ano passado foi a primeira vez que ele conseguiu passar adiante um projeto de lei de sua autoria… E é esse o inimigo que vocês fazem tanta questão de combater? E, cara, pra que homossexuais (ou negros ou mulheres, sei lá…) querem, exigem e deveriam ter direito a leis específicas? Quem se beneficia ao se influenciar crianças a partir dos 6 anos de idade com kit gay apresentando explicitamente conteúdo sexual? Sou bem sincero quando digo que não concordo com cotas e leis especificas para homossexuais e para nenhuma outra categoria exclusiva. Isso me torna homofóbico também?

image

image

Vamos ser realistas e fazer comparações plausíveis.  Vamos analisar  o brasil pelo o que ele é. Não adianta comparar com os padrões do povo lá de cima, dos “países evoluidos do primeiro mundo” (leia-se Suécia, Finlandia e Dinamarca) que não vai dar certo, não tem como. Hoje no brasil, por pior que essa merda seja, temos políticas que favorecem o casamento gay, a liberdade de expressão  – em termos – de qualquer pessoa (apesar do governo e da patrulha do silenciamento que quer calar a boca de todo mundo que não partilha do pensamento de esquerda) e o direito igualitário dos cidadãos, coisa que muita gente é interessada em acabar, mas enfim…. Gays no Brasil já não são mais há muito tempo pessoas horrorizadas e escarradas pela sociedade, eles tem seus direitos adquiridos como qualquer pessoa normal – e porque haveria de ser diferente? Temos baixos índices de  suicídios e homicidios contra a população gay, mesmo com esses movimentos mal intencionados dizendo o contrário (em breve, falaremos com mais profundidade sobre isso)…

Ou seja, muitas coisas se tornaram desnecessárias nessa eterna “luta” por interesses. Julgar e condenar uma pessoa por sua opinião (por ela ser contrária a sua) é pura estupidez, seja ele um deputado ou um blogueiro… não significa nada de mais.  Só quer dizer que a sua opinião não é  a mesma que a de tal pessoa. Isso foi o que aconteceu na entrevista pra mim: duas pessoas em posições adversas, onde um tem uma opinião contrária à do outro. Não podemos voltar ao autoritarismo em nome do que caralhos for o que esse povo defende, como essa tal hipocrisia do “politicamente correto” e da “justiça social”. São dessas pessoas tão cheias de “amor” e tão “tolerantes” que vem as piores mostras de autoritarismo, fascismo e falta de respeito ao próximo – respeito, esse, que fazem questão de se vitimizar dizendo não receber da sociedade.

http://m.youtube.com/watch?v=2cqh2xZIN48

O problema de falar sobre temas polêmicos como política e questões sociais é que as pessoas sempre começam a se ofender, o tempo todo, por tudo. Isso é uma coisa que vivo repetindo por aqui, mas é a pura verdade… E sabe o que é o pior disso tudo? Enquanto estamos aqui batendo boca e numa eterna discussão que vai do nada ao lugar nenhum, quem está lá nos representando enfia todo dia uma jiromba de 33cm no rabo de todo mundo, com caco de vidro e cola. Eu, e vc também que tá me lendo agora, trabalhamos pra caralho, para na melhor das hipóteses ficarmos com 2/3 do que recebemos, porque 1/3 o governo nos rouba automaticamente, e o que ele faz com isso ? Que retorno nós temos de tanro que o governo nos toma?  Resposta: PORRA NENHUMA. Porquê temos  que pagar em dobro por tudo o que consumimos, como, amimentação, entretenimento, educação, saúde, transporte, e por aí vai… Eu acho que todo mundo por aqui deveria é direcionar toda essa raiva, essa  cólera, essa destruição pros verdadeiros opressores que só afundam esse puteiro em forma de país e desprender energia em questões mais importantes do que perder tempo com tolices como a suposta “cultura da homofobia”, que de fato, não existe. E também como se homofobia fosse o maior problema do mundo, caso realmente existisse da forma como esses militantes fdp´s tentam passar.

image

Enfim, vamos ficando por aqui, porque, né… me sinto até um idiota aqui escrevendo esse texto enorme, dando foco à pessoas  totalmente sem relevância diante da importância do momento político, ético e econômico que vivemos.  Poderia estar falando de coisa séria por aqui – como, por exemplo, o fascismo feminista contra os quadrinhos, hahahahaha (não, chega dessa porra por enquanto), mas não… tô aqui falando de Bolsonaro e Ellen Page… não é de foder?? Ainda mais com o assunto em questão sendo um vídeo tão tendencioso como esse… Pro pessoal que se melindrou com as groselhas que o deturpado disse: VÃO SE FODEREM! Deixem que as pessoas pensem por sí mesmas e assistam aos milhares de vídeos e citações do Bolsonaro que existem na internet, e que  tirem suas próprias conclusões, em vez de ficar tentando a todo custo enfiar na marra palavras como “homofóbico” e “racista” na cabeça das pessoas. Por mais que vocês se  achem melhores,  mais inteligentes e moralmente superiores que o resto do mundo, o povo tem todo o direito de conhecer  o discurso do Bolsonaro assim como de qualquer outro puto que tiver por aí, e escolher o que achar disso, e não vocês, filhos da puta que devem decidir o que pode ou não ser dito. Essa campanha (da militância gayzista e dos movimentos de esquerda, principalmente) contra a campanha do – depois de tanto cú doce – agora pré candidato, mostra o quando vocês é que são anti-democráticos e ditatoriais, e como têm interesse em manipular a opinião das pessoas e calar a boca de quem pensa diferente. Tentem se lembrar da palavra “ética”, que vocês fazem tanta questão de cobrar – DOS OUTROS,  mas que na prática, sequer sabem o que isso significa. Resumindo: vão patrulhar e censurar a puta que lhes pariram, seus merdas.

image

Distopia tá chegando, galera. Idiocracia com 1984 vem aí com tudo pra empurrar a gente pro fundo do abismo. 2016 é o ano perdido. Aguardem e vejam por vocês mesmos, animais.

image

Imperador

2 comentários Adicione o seu

  1. Anônimo disse:

    “Enfim, vamos ficando por aqui, porque, né… me sinto até um idiota aqui escrevendo esse texto enorme” Não cara, eu li tudo, acho esse blog muito foda. Concordo inclusive com o fato de que o bolsonaro fala merda(Mas imagina só, tu é convidado pra tdo tipo de programa só pra te esculacharem com as mesmas perguntas, se fosse eu simplesmente tocaria o foda-se) e também acho que ele é um pouco homofóbico, mas a única luta dele foi contra o kit gay!
    Também nunca entendi isso, pq diabos a mídia ataca tanto o bolsonaro? Um cara que deveria ser irrelevante de repente é o “novo hitler” a ser combatido(CQC que foi extremamente canalha, tdo mundo deixou passar e ainda consideram ele racista por uma entrevista editada).
    PS: Eu realmente achava que já havia passado o tempo dos blogs mas o de vocês é realmente muito bom, por favor, continuem.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s