Na suruba de Batman v Superman, quem leva dedada no cu é vc, fanboy

image

No momento em que escrevo este texto sobre o famigerado Batman V Superman: Dawn Of Justice, o filme estava com 29% de aprovação da crítica no Rotten Tomatoes – logo, vão estar alcançando o Lula e a Dilma, hahaha. Claro, que por pior que seja, não vai chegar aos níveis de má reputação de lixos como Mulher Gato, Lanterna Verde ou Elektra. No entanto, já é uma avaliação mais baixa que, por exemplo, o Demolidor da Fox, outra bomba estrelada por Bem Affleck, o Batman. Na sessão em que fui, no dia de estréia, as únicas cenas que vi vagabundo aplaudir durante o filme foram quando apareceu o Momoa de “Aquaman” e… O trailer do Esquadrão Suicida, que passou antes do filme. Ou seja, se você ainda não teve a chance de assistir essa pérola, já dá pra ter uma idéia do que vai encontrar, depois de uma premissa dessas…

image

Esse filme tem sido malhado (agora, depois de lançado, justamente) desde que foi anunciado, 3 anos atrás. A maioria das pessoas que acompanhavam noticias sobre a produção já antecipava que o filme seria um lixo, antes mesmo de ver o primeiro trailer, que saiu pouco tempo depois. Muita gente que esculachou o filme, o fez simplesmente por picuinha pessoal com o diretor Zack Snyder e até que essa putada tem sua parcela de razão. Pois, os vícios e mancadas recorrentes do “Visionário” em seus filmes anteriores são os principais responsáveis por todo esse ódio.

image

image

Acredito que o principal motivo da quantidade absurda de reviews negativos a BvS (assim como aconteceu com Man Of Steel) se deve pelo fato que o filme NÃO É DIVERTIDO. É um filme chato, insosso, cinza, sem graça… Parece que eles torraram todos os 300 milhões da produção apenas em efeitos especiais, sendo que uns 100 milhões foram empregados em filtro do instagram pra deixar a fotografia toda com a paleta sombria. Sério… o filme consegue ser escuro, dark e soturno até mesmo nas (poucas ) cenas que se passam durante o dia. Não quero dizer com isso que todo filme deve ser engraçadinho, cheio de piadinhas e pueril – como alguns animais alegam que os filmes da Marvel são. Quem usa esse argumento é o mesmo tipo de gente condescendente e hipócrita que acha que “gibi é coisa de criança.

image

image

O motivo do sucesso comprovado os filmes da Marvel é o padrão que eles seguem ao permanecer fiéis e verdadeiros ao núcleo de seus personagens. Os filmes da Marvel Studios são fodas (em sua maioria) exatamente pelo motivo que os putinhos DCnecos gostam de criticar: eles são amigáveis e feitos para todo tipo de público. São divertidos e equilibram bem os momentos de ação e humor, dando quebradas de clima necessárias pra história não cair no tédio. Enquanto que a DC/Warner optou por fazer algo metido a épico, pretensioso, pernóstico, “mítico”, etc., o que se percebe em várias cenas ao longo do filme e também na trilha sonora, recheada de temas pomposos e imponentes. De certa forma, eles não estão totalmente errados. O universo de heróis da DC foi retratado desse jeito nos quadrinhos, na maior parte do tempo, principalmente, dos anos 90 pra cá, com destaque pra fase de Grant Morrison na revista da Liga. Pro escritor careca e cheirador de maconha, a Liga da Justiça é composta de “deuses modernos”. Suas histórias são cataclísmicas e cheia de ameaças cósmicas. Por isso que não entendo essa punheta que vem desde a época dos superestimados filmes do chatão Christopher Nolan, de querer pagar de “realista”, “sério”… Foda-se isso! Manda o realismo pra casa do caralho e façam filmes com esses chamados deuses em batalhas grandiosas, porém, com um pé no chão nos quesitos empatia e identificação com público – e claro, um pouco de humor também.

image

zack-snyder-wipes-his-ass-with-your-happiness

 

Pra quem já tem um conhecimento prévio da história e do conceito desses heróis, incomoda muito essa “subversão” barata feita pelo “Visionário”. Isso aconteceu em Man Of Steel, em que muito pouco se tratou dos temas manjados de “justiça, verdade e o jeitinho americano” que são tão inerentes ao mito do herói. Ou mesmo da tal “esperança” que foi tão citada no filme, mas, que pouco foi posta em prática, no anterior e nesse filme também. E se o Snyder faz essas merdas com os dois personagens mais importantes da editora, isso é cometido com a conivência e aprovação tanto da DC, quanto da Warner, o que só prova que esses putos que estão lá hoje nos grandes cargos não entendem PORRA NENHUMA desses personagens.

image

O gênero de filmes de super-heróis (e não tem como negar que hoje em dia já se trata de um gênero consolidado) é amplo o bastante pra abrigar uma variedade de temas e estilos, isso não se discute. E, pra mim, é facilmente comprável essa idéia de que Batman e Superman são personagens opostos no que representam. Superman sempre foi mostrado como um ícone de otimismo e grandeza, enquanto que o Batman sempre foi trevas e medo. Trabalhar com os dois dessa forma, lidando com o que os fazem tão diferentes e mesmo assim, estarem em sincronia, seria o ideal pra um filme como esse e não a merda que foi, em que  parece que esses dois viados estão numa competição pra ver quem é o mais amargurado e depressivo.

image

Isso, mais essa mania do Zack Snyder de querer retratar o Superman não como um herói, mas como um fucking messias, caralho… O filme tenta ser profundo e avaliar questões complexas, mas falha miseravelmente nesse objetivo. Repete temas que já foram tratados (porcamente) em O Homem de Aço, tipo: “como o mundo reage se um ser que é algo nunca visto antes, caminha (ou voa) entre as pessoas?” O tempo todo tem pessoas se referindo ao Superman como se ele fosse um deus fica bem claro que essa é a visão que o filme quer passar ao espectador. Quase nada é mostrado do herói bonzinho, que só quer ajudar as pessoas e fazer a coisa certa. E menos ainda é dado de tempo de tela pra focar na sua própria caracterização, principalmente em sua identidade secreta de Clark Kent, a qual é totalmente inútil e dispensável nessa versão. Ele apenas é definido dessa forma como ferramenta de condução do roteiro, simplesmente para forçar ao público essa idéia de seus realizadores.  Isso resume bem a visão que a DC quer abordar em seus filmes: esses personagens não são pessoas comuns que se tornam heróis pelo acaso ou mesmo destino, mas, “deuses” (ooooh…) sem nenhuma personalidade. Esses não são os heróis que conhecemos e passamos a vida acompanhando, mas, versões mal ajambradas dos anti-herois de Injustice, só que ainda mais superficiais.

image

O Batman mata mais nesse filme que o Deadpool no seu – e isso, porque o assassino tagerela é um… assassino, ora porra! Dizem que o Batfleck matou mais que o Justiceiro na série do Demolidor na Netflix (carece de fontes). Foda não é esse Batman matar – até mesmo em seus sonhos ele sai metralhando todo mundo e quebrando pescoços – mas, sim, ele não se importar e achar isso estritamente necessário. Afinal, por qual motivo mais ele teria duas submetralhadoras M-60 no seu Bat-jato?

image

Claro que é sempre bom dizer pra quem não sabe, que isso não é mimimi de nerd ortodoxo, purista, etc… Até mesmo por que eu não gosto do Batman como personagem, nunca gostei. Logo, vale lembrar que na sua origem, conforme concebido pelo safado do Bob Kane e o injustiçado Bill Finger, o Batman costumava matar bandidos, sim. O tal do “cinto de utilidades” que a Morcega usava nas suas primeiras histórias não passava de um reles cinto com coldre para guardar sua arma. A DC passou a dar esse enfoque moderado ao mito do personagem por volta dos anos 60, devido ao teor babaca e estupidamente retardado, digo, juvenil de suas histórias, conseqüência da popularidade com as crianças, as quais eram o único público alvo das HQ´s nesse período. A partir daí, passou a valer essa regra boba de “não matar/não usar armas”, que foi retroativamente associada aos elementos básicos do herói, fazendo parte de seu cânone, regra essa que algum escritor dessa época tirou do cu e que passou a ser oficializada a partir dos anos 80. Mas, independente de que o personagem já matou alguma vez nos quadrinhos, ou mesmo que esses vagabundos que ele pipocou no filme merecessem mesmo tomar tiro na testa, o que importa é que comumente esse não é o jeito do Batman de resolver as coisas (e do Superman, muito menos). É assim que o grande público o conhece, é assim que ele costuma ser, seja nas próprias HQ´s, nos desenhos animados ou mesmo nos filmes anteriores.  E fora que o famigerado “maior detetive do mundo” é conduzido na maior parte do tempo pelo imbecil do Luthor a agir como um idiota o filme todo.

image

A verdade é que o Batman de Ben Affleck é um sádico filho da puta e nada mais. Sua motivação para as ações que toma durante todo o filme não fazem o menor sentido. O seu primeiro intuito é MATAR, seja em que situação for – ele tinha claras intenções de acabar com a raça do Super e mesmo do Lex Luthor no final do filme. Mas, na hora do quebra com o monstrão, a única coisa que ele fez foi fugir copiosamente e se esconder de medo, fazendo uma puta cara de cagão o tempo todo em que aparecia no meio da putaria pirotécnica realizada pelo
maníaco visionário.

image

Pra não falar que o filme é uma merda total (quase tudo o é), gostei bastante da Mulher Maravilha. Não sei se foi por ela ter aparecido pouco, mas pra mim, a caracterização ficou boa. E trajada com o uniforme, até que a Gal Gadot engana que não é uma magrela quase anoréxica, como a atriz que fez a Mercy, a assistente do Luthor. Engraçado é que do tanto que li ou ouvi de gente falando sobre este filme, muito pouco se aprofundou sobre a participação dela. Tô até sentindo falta dessas feminazis escrotas desocupadas (pra não dizer outra coisa) empulhando suas merdas de “empoderamento”, “objetificação”, sei lá… qualquer lixo desse tipo que elas adoram repetir. Só vi uma bostejando sobre um frame que deram um close nas perninhas finas (ooohhh!!!) da Gadot e a cena da Lois na banheira, mas só… Acho que elas preferem ficar reclamando e “problematizando” eternamente sobre a bunda da Viúva Negra do que tentar dar um apoio moral e positivo a uma personagem que realmente ficou bem retratada no pouco tempo que teve de tela e que mostrou algum potencial, mas prossiga…

image

image

Pra fechar a lojinha: Batman vs Superman: A Origem da Justiça é um filme muito longo (caralhosos 151 minutos) e totalmente incoerente, absurdo e sem sentido. A edição é confusa, picotada e inconsistente, assim como todo o plot – e os diálogos são uma merda. Se tivessem editado esse rebosteio todo e deixado com uns 90,100 minutos, talvez tivesse saído algo mais redondinho. Enfim,  BvS é um filme chato,maçante, entediante,insípido, inodoro, pretensioso, fraco, pobre, sem humor, sem vida – e como já disse antes – sem tesão. Com vários e diversos furos de roteiro primários e um exagero de barulho e destruição, que me deixaram com vontade de sair pra vomitar antes que o filme acabasse – coisa que muita gente fez na sessão em que estive. Mesmo assim, o público geral aparentemente tá gostando do filme – não sei se isso se manterá a longo prazo, mas, por enquanto, essa é a impressão. E no final das contas, isso é o que importa pra Warner, que faturou um dinheirão nessa primeira semana de lançamento, apesar de significativa queda de renda nos últimos dias – aliás, a maior queda repentina de arrecadação de um filme na história. Como tantos outros, tô dando aqui a minha opinião e o meu ponto de vista, não significa que tô com 100% da razão (talvez uns 99%, hahahaha), mas, se vc ainda não teve a chance de ver, vá assistir no cinema se puder, nem que seja no dia de promoção, pois, o “espetáculo” visual ao menos vale o preço do ingresso – ao menos da meia entrada, hahahaha. Enfim… foda-se o que o que todo mundo disse (inclusive eu). Não é meu objetivo convencer ninguém com este texto, muito menos de que todos os leitores compartilhem de minha opinião. Independente do que digam, se é bom ou ruim, se vc tiver a fim, vá ver  e tire suas próprias conclusões…

image

…de que o filme é realmente uma merda total, pois, essa é a única conclusão a que se pode chegar depois
de duas horas e meia perdidas de sua vida assistindo essa porcaria, HAHAHAHA

image

image

Imperador

18 comentários Adicione o seu

  1. Anônimo disse:

    kkkkkkk…Q analise bosta!

    Curtir

  2. Anônimo disse:

    kkkkkkk…Q analise bosta! [2]

    Curtir

  3. Lord Melkayar disse:

    Realmente, BvS foi desapontador.
    Eu ainda não sei que nota daria para este filme. Tem algumas coisinhas legais, mas a maioria é uma chatice e encheção de linguiça por mais de 2 horas.
    O que está estranho na mídia são as críticas: Os canais mainstream mais populares estão METRALHANDO o filme, como se fosse a pior merda de todos os tempos, e provavelmente a pior merda de 2016. Porém, os fãs expressam uma recepção bem positiva de tudo que viram na telona.
    Pra mim este filme estacionou muito bem no mediano. 5/10 , talvez 5,5/10 é o que dá pra tirar desta loucura bem confusa de 250 milhões de dólares que logo na segunda metade estava dando sono.

    Mais uma vez o Contra52 diz o que o povo tem medo ou não quer aceitar.
    Parabéns pelas reviews

    P.S.: Aquela cena da “Martha” foi uma das piores coisas que já vi em filmes de super-heróis. Acho que nem o Deadpool faria algo tão boçal.

    Curtir

  4. Tarcísio Gomes disse:

    Olha, a última vez que eu vi tanta argumentação rasa e explicação forçada de um ponto de vista na tentativa de sustentar uma ideia que não se sustenta sozinha, sem o auxílio desesperado daqueles que lutam para mantê-lo de pé, foi quando vi um cara defender o regime militar no Brasil. Você está de parabéns, seja quem for.

    Curtir

  5. Anônimo disse:

    Quanta merda num texto só kkkkkkk chama galera de fanboy da DC mas é fanboy da Marvel… vai entender. Até se doer pq feministas não falaram do filme… coitado cara. Realmente deve ser triste não poder falar mal de ~feminazis~ num texto sobre Batman vs Superman.

    Típico hater crianção

    Curtir

  6. Anônimo disse:

    Nunca li tanta bosta em um texto em toda minha vida, filme foda e pronto

    Curtir

  7. Veronesi disse:

    E o cara do jovennerds falando , só que um pouco mais burro .kkkkk

    O FILME É TOP , ENGULAM ISSO.

    Curtir

    1. Imperador disse:

      Top é minha rola que sua mãe engoliu ontem à noite

      Curtir

  8. Youfool disse:

    Tanta merda falada … e nada de jeito … provavelmente devias de ter sido tu o realizador …. deves ser um iluminado na arte cinematográfica.
    O filme é fraco mas assitiste ao filme todo … é um filme comickbook… ou seja batman figura fictícia e superman dos livros aos quadradinhos….
    Kerias sentimentalismos vai ver as palavras ke nunca te direi do costner…
    Keres acção real liga a cnn e ves em directo no médio oriente….
    Nao sei kem es nem me interessa mas ke es um asno es isso é certinho

    Curtir

  9. Fabio disse:

    Meu amigo. Que review mais tendenciosa. O filme é bom. E para quem conhece o universo DC o filme se torna melhor.
    Todos assistem o filme com a premissa de que estão vendo o batman do Nolan ou o super do Richard Donner, o que não é verdade. Neste filme o batman já tem 20 anos de experiência. .. enquanto o super só está começando. Seria natural o batman já ter perdido a paciência com tudo e todos… chegando a matar. Várias histórias alternativas mostram o batman fazendo isso. A única falha do filme,novamente, é o tratamento do super homem…. o que poderia ser facilmente corrigido com 5 min a mais de filme, na batalha contra o Apocalipse, se mostrasse o azulão tendo que se desdobrar para tirar o Apocalipse de dentro de metrópolis para evitar mais perdas civis.

    Curtir

  10. Anônimo disse:

    kkkkkkk…Q analise bosta! [3]

    Curtir

  11. Paule disse:

    Eu vi BvS 3 vezes ❤

    Curtir

  12. a crítica intensa está na proporção da esperança que tinham nesse filme. Eu detestei cada segundo.
    01 – no filme, Batman ja é um vigilante sênior. Devia pelo menos entender as atitudes e motivações do Super.
    02 – Batman é o maior detetive do mundo e tem um intelecto superior ou igual ao do Luthor, além de ser extremamente manipulador e controlador.conhece a arte da guerra, então Ver ele, um sênior, cair no plano do Lex Júnior e nem perceber o que o que acontece é decepcionante.
    03 – apesar da atriz interpretar bem, se você ver nos quadrinhos, WW tem a mesma altura do Superman, braços músculosos, é bem mais parruda que a Gal Dot.
    04 – cadê a Fortaleza da Solidão Quando o Superman precisa dela?

    Curtir

  13. Iluminus disse:

    Só vejo o gado burro indo contra

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s