Quem diria hein, Image comics?

CPP-Image-Logo  Era um garoto q̶u̶e̶ ̶c̶o̶m̶o̶ ̶e̶u̶  juvenil em 1996, assinante do pacote Marvel da editora abril eu ficava ansioso enquanto meus formatinhos não chegavam, então eles eram entregues e eu lia tudo no mesmo dia, mas eu também lia DC e por isso (e para comprar Heavy Metal, Dragão magazine, Animax etc) eu acabava frequentando a banca de jornal aqui do bairro também, um belo dia eu fui comprar algum Batman da vida e vi uma revista em formato americano com um herói de capa vermelha soltando uns raios verdes pela mão, na hora assimilei com uma fita de Super Nintendo que eu aluguei três vezes que tinha o mesmo herói de mesmo nome, três reais e vintes centavos na capa, caro pra época, comprei, no caminho fui folheando e vi o nome do cara que criou aquilo, Todd Macfarlane, obvio que eu adorei, porque eu adorava o homem-aranha dele, uns dias depois chegou os formatinhos da abril na minha casa e la no meio, em papel couchét brilhoso, havia o anuncio dessa revista e um alarde deixando bem claro que a melhor editora de todos os tempos, sucessos de vendas nos EUA, agora estava chegando no Brasil ( depois fui ver que alguns títulos estavam saindo pela Editora Globo, parabéns Abril Jovem, compra os direitos pela metade e ajuda nas vendas da coleguinha!), realmente entre eu e meus amigos a Image bombou, lembro que curti muito Wildcats, Spawn, Darkness e principalmente Gen 13 (os Gen 13 da globo são os únicos que guardo até hoje), odiei Yougblood, Striker Force (apesar de achar foda um cara com três braços do mesmo lado do corpo, porra! MASSAVÉIO!), caguei para Glory e infelizmente pra mim, para Savage Dragon também, que só dei valor anos depois me fazendo garimpar sebos atras dele!

snes_spawn_p_83sghw
O jogo do S̶i̶m̶b̶i̶o̶n̶t̶e̶ ̶d̶o̶ ̶V̶e̶n̶o̶n̶,̶ ̶C̶a̶p̶a̶ ̶d̶o̶ ̶D̶o̶u̶t̶o̶r̶ ̶E̶s̶t̶r̶a̶n̶h̶o̶,̶ ̶M̶o̶t̶o̶q̶u̶e̶i̶r̶o̶ ̶F̶a̶n̶t̶a̶s̶m̶a̶ ̶+̶ ̶B̶a̶t̶m̶a̶n̶ Spawn era muito foda!

 A Image funcionou no começo, pelo menos pra molecada que adorava ver vários Hulks, Wolverines, o visual “legalzão”, “diferentão” e pra frentex, mas uns anos depois li uma materia na Wizard Brasil sobre as tretas internas na editora, e assim como a Chalenger explodiu logo apos o lançamento, a Image e seus fundadores renegados da Marvel e DC (Rob Liefeld, Erik Larsen, Jim Lee, Whilce Portacio, Marc Silvestri, Todd McFarlane, Jim Valentino) estavam sofrendo a dura queda de quem subiu muito alto sem ter onde se segurar, logo a editora que estava a frente da DC, a segunda em vendas, sofria baixas no elenco fodendo toda a cronologia do Image Universe ou se desmembrava em selos virando um puta puteiro do caralho, é inegável que e a editora Image já começou mal apesar do sucesso de vendas, é inegável que o nosso julgamento de jovem deslumbrado é que financiou essa merda toda, é inegável que por causa desse sucesso instantâneo da Image a Marvel e a DC cometeram atrocidades com seus personagens para poder recuperar esses leitores de MacFarlane, Jim Lee, Rob Lixofield e cia, esse era o legado da Image, ser a editora que cagou no mercado de quadrinhos, no conceito de heróis, mas eu disse ERA, porque hoje mais de 20 anos de sua fundação, com a Marvel reciclando sagas e fazendo com que a maiorias dos títulos seja mais do mesmo, a DC cagando ano apos ano na sua cronologia e conseguindo se superar no quesito: “vamos rebootar tudo de forma cada vez mais babaca até o nível das nossas historias ficarem igual aos da Peppa Pig”, no meio dessa zona toda, quem diria, A IMAGE COMICS SE TORNA A MELHOR EDITORA DA ATUALIDADE!

 Mas vamos lembrar dessas belas bostas só pra manter o pé no chão, duas equipes, dois Wolverines, dois Hulks, um Gavião Arqueiro, um Gambit….e laiá

 Voltando, títulos como Saga, Manhattan Projects, Sex Criminals, Low e Walking Dead fazem da Image comics hoje uma editora de quadrinhos mais ousada, realmente tentando inovar lançando títulos otimos no mercado ( nem todos, é verdade), enfim, esse texto é a primeira parte onde a proposta é fazer um review apenas tendo lido o primeiro numero de vários títulos que image tem lançado para apenas despertar a curiosidade e fazer você jovem criado a leite com pêra, que acha que o Wolverine é galã, o Batman assassino e o super homem um deus messiânico, sair do mundinho e se interessar e procurar ler algo “diferentão de verdade” no nixo americano, um dia faço sugestões de Hqs europeias, que é onde estão as coisas realmente inovadoras, ou não! hahaha

Começarei com uma obra prima (pelo menos esse primeiro numero) e com uma alternativa a super herói marromeno ( pra você não sofrer de abstinência)

tumblr_nvvfqhRlVz1smnk5ao6_500
Paper girls

Paper girls se passa nos anos 80 e tem climão de filme que hoje não existe mais, filmes para adolescentes com roteiro inteligente, nesse suspense tipico de sessão da tarde Brian k. Vaughan (saga) conta a historia de Erin mais 3 garotas entregadoras de jornal, elas encontram num porão de uma casa abandonada um objeto que parece não ser desse planeta logo após serem atacadas por estranhos homens encapuzados, a arte é digital, estilizada porem rica em detalhes, e é do competente Cliff Chiang (Arqueiro Verde/Canario Negro), Paper Girls é bem ambientado e cheio de referencias a acontecimentos da época, destaque para o poster do Deu a Louca nos Monstros (se aparecer alguma coisa relacionada a patrulha B.R.A.T Vaughan ganha minha eterna babação de ovo), é uma boa pedida para quem é saudosista dos suspenses juvenis ou para a molecada mais nova que curtiu o ótimo Super 8 do J.J. Abrams.

red_one_book_1_cover_by_terrydodson-d8y1slw
A Vermelha

Vera é petralha Vermelha, é a contraparte russa do capitão america, simples assim, ela é super forte, super rápida, ela transa com quatro caras para se saciar(igual o Capitão America), ela dirige muito bem motos e carros, ninguém sabe de onde ela veio, é top secret da KGB e os comunas por algum motivo qualquer mandam a Vermelha para ser heroína no estados unidos, coxinhas piram com essa infiltração comunista gostosona trajando colante e segurando uma foice e um martelo como arma, o gibi é mais do mesmo, é raso, só mais uma historia clichê com coisas que já vimos em mulher hulk por exemplo, mas se considerar que 90% dos títulos Marvel e DC também são rasos e clichês talvez você dê uma chance para A Vermelha, arte de Terry Dodson (que só desenha gostosona) e texto de Xavier Dorison, catapimba! Dodson e Dorison, podia ser uma dupla sertaneja!
É isso ai, próximo post 4 novos títulos, sem textão, direto no ponto! E pra não me acusarem de novo de Marvete ou agora, Imagenete, olha ai uma Arlequina que vale…

tumblr_o2g9yk3nDg1uz6zf0o1_500.gif

Obs: Os dois titulos ditos ai em cima tem traduzido em sites por ai, e os links? Procura no Google vagabundo!

por Capitão Macumba, o cara que abre o coco e arrebenta de proposito a sapucaia!

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s