A rapida queda do banco de dados feminista de Doxx

George Orwell supos um aviso e não um manual de instruções.

O portal Socialautopsy.com tentou criar o que definiu como um “banco de dados onde captamos [ pessoas] exercendo sua [ liberdade de expressão]  e criamos registros digitais para eles que qualquer um pode acessar.”

O site, que se orgulha de ser uma iniciativa tecnologica executada quase totalmente por mulheres, afirma que a Internet oferece às pessoas a oportunidade para assediar e abusar dos demais sem qualquer medo de repercussões – o que eles estão tentando mudar.

“Para cada meme de ranger rosa ou inés brasil nos melhores tweets dos seus parça para você, ou para cada ‘sdds’ que sua avó deixa no seu mural do Facebook, existem literalmente milhares de discursos de ódio circulando online. Porque quando a comunicação acontece através de uma tela, e quando momentos são experientes através de uma lente, uma expressão terrível acontece. A idade da tecnologia e mídia social se desintegrou lentamente responsabilização individual. Cujas consequências são devastadoras ”
tylerthecreatorcyberbullying_d7661c_4520299

Um vídeo enviado na página Kickstarter do qual o projeto foi expurgado a uma semana.

“Estamos promovendo uma sociedade bullying on-line, atormentando social e partilha irresponsável”

“Até agora”, afirma o vídeo.

Montagem feita em 2009 no video
Como o bundaburguer realmente esta hoje

Fundadora do projeto, Candace Owens, afirma querer levar a Internet de volta para a “velha escola”, a mentalidade do ”diz na minha cara” . “A resposta é simples”, diz ela, “nós podemos conseguir isso por meio de prestação de contas”.

Como o site funciona? as pessoas tiram prints das trolagens on-line, ligação de pessoas conectadas ao seu local de trabalho, e anexar informações pessoais dessa pessoa (o que define doxxing), para que qualquer pessoa em qualquer lugar, possa procurar e aceder a eles.

A página Kickstarter afirmava que elas tinham garantido uma patente temporária para a sua “tecnologia” e que uma grande parte das doações que recebem para o projeto iria para pagar sua equipe jurídica para lidar com problemas legais que eles esperam para enfrentar.

Compreensível, você não doxxar pessoas, sem esperar alguma reação judicial.

O site tinha capacidade de pelo menos 150.000 perfis e a promesa de pagar por uma equipe de estagiários durante o verão para aumentar a produtividade.

site-social-autopsy-3

O site tinha características que permitiam qualquer um procurar seu banco de dados, e enviar o perfil de qualquer um preenchendo campos com nomes, sobrenomes, cidade/estado, atual empregador, contas de mírdia social, escola e, claro, prints de ” comentários reais, autênticos e genuínos” inclusive de demenores pra qualquer fim que não seje um M0B tático de assedio, assim violando leis de privacidade pelos EUA, UE e centenas de outros países. Além disso, os envios de informações são anônimos, tornando tal a ferramenta online perfeita para a vingancinha e ataques pessoais.

Embora o esforço em se vender como anti-bullying, é na realidade, nada menos do que uma tentativa de criar uma nova plataforma pela qual usar mob e táticas de intimidação  para atacar aqueles com os quais os criadores e usuários não gostam ou discordam.

Qualquer um que pensou que esta é uma campanha “anti-bullying” ou é incrivelmente estúpido, ou desonesto. Esta é apenas outra tentativa de mimimilitantes mimiminoritarios organizar meios pra demitir pessoas de seus locais de trabalho e arruinar suas vidas apenas pra penalizar a emissão de diferentes opiniões  como eles têm feito tantas vezes antes.

Candace Owens foi surpreendentemente escrotizada pelos swj mulas velhas.
A grande contribuição pro esfolamento dessa campanha foi Chelsea Van Valkenburg que começou ameaçando ela para desligar a companhia, depois que ela se recusou. Chelsea então incitou uma perseguição contra Candace, possivelmente, até postou teratiros do chatlosgs em xãs e reshhit e em última análise, decidiu enviar ameaças de morte falsa bandeira para o  e-mail privado dela, qual ela nunca postou na internet e ninguem exceto Chelsea tinha alem do telefone. Chelsea contatou Randi Lee Harper, Boneco de meia do Josh e tantos outros membros da quadrilha SJW que expurgaram pois assim não teriam mais os “ofensores anônimos” inventados gerando textoes que geram doações de dízimos de snowflakes por não fazerem porra nenhuma.

Candace Owens se viu através da maquinações da cabala SJW que está tentando seu mais duro decompor o projeto. Os três últimos artigos em seu blog tem sido tudo sobre a tentativa de explodir a conspiração SJW que assumiu o controle da indústria de tecnologia e os meios de comunicação, ainda que por uma questão de proteger a sua própria empresa, em vez de qualquer simpatia com a gente.

Mesmo que vingasse este projeto não iria funcionar de qualquer maneira

Logo que o SocialAutopsy lançasse, uma orda de macacos incluindo eu iria upar centenas  de perfis falsos das ofensas de Tomas Trubando, Paula Tejando e Oscar Alho e fotos fotocompradas no seu banco de dados, ja que o site alardeia a permisão dos usuários subirem informações anonimamente, o anonimato seria sua ruína final.Teria sido engraçado os escragiarios fiscalizando por milhares de submissões a procura de saiberbulle e doxx genuinos, um desperidicio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s