“Arte Moderna”… Coisa de Vagabundo!

Porque é que a “arte” moderna é tão fodidamente ruim e o que  isso diz sobre a nossa sociedade? O jornalista Paul Joseph Watson (Infowars) explica por X, Y, Z neste vídeo espetacular. Confira:

Claro que há exemplos geniais de arte contemporânea, como o caso de alguns surrealistas como o Salvador Dali e alguns outros que conheci na faculdade de PP e cujos nomes não lembro agora , hahahaha. Foi a partir da década de 80 que o mundo artístico  começou mesmo a ir ladeira abaixo e hoje está nas ruas da amargura no que se refere a arte em geral – todos os segmentos, quadrinhos, incluso.  Tendo em conta os vários exemplos exibidos no vídeo, Watson visa detonar exclusivamente aquilo que hoje em dia se designa por “arte moderna conceitual”, o fazer arte daquilo que não tem qualquer valor, nem prático, nem abstrato. Coisas tipo este lixo aqui:

Não sei quem é pior, os vagabundos que inventam essas empulhações e conseguem vender isso como sendo “arte” ou os imbecis que além de acreditarem nisso, ainda defendem essas merdas. Quem olha para patrimônios da humanidade como o teto da Capela Sistina ou a pintura da Monalisa e depois olha para essas… “obras de arte” apresentadas no vídeo do PJW, só pode tirar uma conclusão: isso tudo é uma grandessíssima bosta! A menos, é claro, que seja um puto retardado… ou um “visionário” da esquerda “modernaça” e “progressista”.

Quem me quiser convencer, que um código de barras numa folha A-4 é uma reflexão genial acerca da sociedade de informação e dos perigos da vigilância global ou que um monte de maconheiro um enfiando o dedo no cu do outro e cheirando é, na verdade, uma crítica ao sistema tributário brasileiro só pode estar querendo me tirar de otário. Também temos coisas como a “arte para chocar”, que é feita apenas para criar um efeito de “colisão e de ruptura com os valores sociais tradicionais”… VSF, motherfuckers!

É a esta “arte” moderna que o PJW se refere em sua crítica certeira. E, infelizmente, é o tipo de “arte” que predomina atualmente.

4 comentários

  1. Arte é um assunto meio delicado, pois é preciso ter um certo grau de sensibilidade para entender algo em um quadro ou estátua, ou peça que a maioria das pessoas não vê.

    Pra mim a situação atual da arte é a mesma de sempre. idiotas chamadores de atenção possuem mais destaque e artistas de verdade só são reconhecidos tardiamente. O problema é que com a internet os idiotas chamadores de atenção conseguem mais destaque do que conseguiria antes.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s