A Última Aluna

Apresentando o nosso novo redator, o De Sade, que será o responsável por nossa nova seção de contos eróticos. O texto apresentado aqui está na íntegra conforme foi escrito originalmente pelo nosso novo Bukowski tupiniquim do Contra:

Essa história aconteceu em 2012, eu sou instrutor de auto-escola me chamo Allan tenho 26 anos , Nunca me envolvi com alunas mas tudo mudaria quando a minha ultima aluna chamada Camila começou a fazer aula de direção comigo.

 

Ela tinha uma carinha de menina certinha, tímida e gentil ela vinha de aulas com outro instrutor então foi fácil ensiná-la.

Sempre fui muito profissional, um dia percebi que ela me olhava diferente, aquilo me deixou intrigado, mas ela sempre disfarçava, isso foi me deixando com tesão, aquela carinha de santinha me olhando com desejo.
No dia do exame ela foi aprovada, ela me abraçou e eu por instinto a segurei nos meus braços por mais tempo ela percebeu, fiquei sem graça nos despedimos e fui embora.
Um tempo depois recebo uma mensagem dela, falando que estava com saudades, nessa hora percebi que ela realmente estava interessada. Respondi e depois de uma troca de mensagens de celular e a convidei para sair.
Encontramos no shopping cidade no centro de Belo Horizonte, ela estava bem arrumada e cheirosa, usava brilho nos lábios aquilo me instigava, depois de muita conversa e alguns drinks, eu já estava sem vergonha nenhuma e falei que estava doido pra beijar a boca dela, ela sorriu aquela foi minha deixa, comecei a beija – lá bem gostoso pegando na sua nuca puxando o cabelo, nossas línguas se enroscavam, ela beijava bem gostoso isso me deixou de pau duro na hora, comecei a beijar o pescoço dela e ouvi um gemido… rs

Aquilo me deixou louco, já eram 21:30 da noite o shopping fecharia as 22:00 ela disse pra irmos embora, mas eu estava duro feito rocha e não voltaria pra casa sem trepar com ela…hehe

Saímos do shopping ai eu disse pra irmos para um lugar mais reservado, ela sorriu com carinha de safada, já sabendo pra onde iríamos e me disse “Acho uma ótima idéia”, entramos no carro para sair ela coloca a mão na minha coxa e olhou pra mim e disse que já estava me querendo faz tempo, eu não me contive e coloquei a Mão dela no meu cacete.

Ela começou a acariciar por cima da calça sentindo o volume, e disse
“dirige vai “instrutor”….rs

Eu comecei a dirigir e ela acariciando meu pau, ela abriu o zíper da minha calça tirou meu cacete pra fora e começou a me chupar, passando a língua na cabeça do meu pau, engolindo aquela boquinha quente eu estava cheio de tesão mal podia acreditar que aquela santinha guardava tanto fogo assim.

Eu quase bati o carro umas 3 vezes no caminho ate o motel de tão gostoso que ela me
chupava, entramos no motel fomos direto pro quarto, deitei ela na cama e fui tirando a calça dela ela usava uma calcinha fio dental minúscula aquilo me excitou mais ainda tirei a blusa dela ela estava toda molhadinha e depiladinha do jeito que eu gosto, abri as pernas dela e comecei a chupar aquela bucetinha que delicia, ela estava encharcada e gemia gostoso, ela começou a se soltar e começou a gemer mais alto ate que ela gozou com minha língua dentro dela.

Nessa hora eu estava duro feito aço, ela tirou minha calça e pediu pra eu foder ela gostoso, eu atendi na hora, ela abriu as pernas e eu coloquei a cabecinha naquela bocetinha quente, na primeira estocada ela gemeu alto e travou as pernas nas minhas costas pedindo pra eu irfundo, comecei a socar cada vez mais, beijando a boca dela,o pescoço que delicia ela estava quase me fazendo gozar, comecei a ir mais rápido ela me arranhava e mordia.

senti que ela ia gozar junto comigo, gozei muito dentro dela, aquela bocetinha apertada equente toda cheia com minha porra……rs

Ela veio e começou a me chupar, estava querendo mais….rs, ela chupava bem gostoso, eu fiquei em pé e ela se ajoelhou no chão, passava a língua na minha bolas,aquele foi um dos melhores boquetes que eu já tinha recebido, ela chupava bem gostoso meu pau já estava super duro e lustrado por aquela boquinha maravilhosa, então mandei ela ficar de quatro na cama , enfiei o delo na bucetinha dela e comecei a masturbá-la na Cama, ela gemia bastante, comecei a morder as costas dela, a nuca, a bunda…… ela estava toda molhadinha.

Então enfiei meu cacete nela, ela continuava quentinha e apertada, eu comecei a bombar bem devagar fui aumentando o ritmo, eu já estava como um animal metendo bem forte, comecei a dar uns tapas na bunda dela, “ ela começou a pedir bate mais cachorro” isso me animou, mais ainda comecei a bater na bunda dela e socar forte meu cacete no rabo dela.

Mandei ela se virar e olhar pra mim, “´ta gostando de ser fodida pelo seu instrutor ta?”

Ela com cara de tesão começou a sorrir e disse “muuuuiitttooo”, ela veio por cima e começou a cavalgar em mim , nossa ela realmente sabia o que estava fazendo, aquela cachorra estava escondendo por trás daquela carinha de santa uma verdadeira “devassa”, ela pediu pra eu gozar na boca dela, eu comecei a gemer e ela adorava me ver sentindo tanto tesão, eu estava quase explodindo , quando ela saiu de cima e caiu de boca no meu pau, começou a me masturbar e chupar.

E dizendo: GOZA VAI! GOZA INSTRUTOR SAFADO!
Gozei muito na boca dela, que delicia!
ela me olhou e nos beijamos loucamente, que noite… Que noite………

E esse foi o primeiro conto erótico do nosso José Saramago de BH, o DE Sade. Se você gostou, deixe um comentário e compartilhe com seus amigos este texto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s