A MUDANÇA DE ETNIAS DE PERSONAGENS DE HQ’s E O APELO AO PRECONCEITO

Caros colegas, depois de vários e vários tópicos sobre a mudança de etnia de personagens, seja no Facebook, seja em sites nerds, cheguei a uma conclusão: não é mais possível expressar uma opinião sem ser chamado de preconceituoso!

Geralmente os argumentos de quem, iguais a mim, são contra a descaracterização física de um personagem seguem um padrão mais ou menos assim:

– Crescemos com o personagem desse jeito, mudá-lo é descaracterizá-lo;

– Não importa se o personagem é branco e for mudado para negro, ou se o personagem é negro e for mudado para branco: queremos o personagem como ele é na mídia de origem;

– Gostamos e nos identificamos com o personagem daquela forma, não respeitar a fonte original é como criar um novo personagem, com o mesmo nome, mas bem diferente do original;

– Novos leitores podem gostar do personagem como ele está representado em live action, mas quando irem procurar em outras mídias, serão surpreendidos negativamente pois verão que um e outro são tão distintos que nem parecem o mesmo personagem;

E assim segue…

Argumentos de quem é a favor da mudança de etnias:
– Vocês estão escondendo seu preconceito;

E só.

Será que chegamos a um ponto onde não é mais possível discordar do politicamente correto sem ser tachado de (coloque aqui a ofensa moral que lhe é conveniente)? Será que tudo se resumirá ao um “apelo ao preconceito”?
Será que sermos puristas (isso é, queremos as adaptações o mais fiel possível ao material original) nos faz sermos preconceituosos e racistas, independente do fato de querermos personagens brancos interpretados por brancos e personagens negros interpretado por negros?
E por fim, será que chegamos a um “admirável mundo novo” onde uma opinião discordante é calada com ofensas e ataques morais obrigando todo mundo a pensar igual?

*Imagens meramente ilustrativas. Quanto mais Donna Troy, melhor!

1 comentário Adicione o seu

  1. Felipe disse:

    É só a ponta do iceberg meu amigo, as coisas ainda vão piorar muito. Ser homem, hétero e branco é politicamente incorreto atualmente.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s