A decadência total da masculinidade no Ocidente

Quem segue este blog assiduamente, sabe que uma das nossas grandes bandeiras aqui no Contra é a defesa intransigente da masculinidade. Ao longo desses 2 anos no ar, temos argumentado muitas vezes neste espaço que há uma grave crise de masculinidade no Ocidente, inclusive no Brasil. E que essa crise é simultaneamente um sintoma e uma causa: sintoma da engenharia social agressiva que tem sido implementada pelos neomarxistas, pós-modernistas e globalistas desde os anos (19)60; mas também uma causa, na medida em que o declínio da nossa masculinidade tem contribuído para o acentuar da mundivisão niilista e cosmopolita a que aderem cada vez mais os nossos jovens do sexo (e não gênero) masculino. Tudo isto contribui para a crescente atomização e alienação dos nossos homens, facilitando a iminvasão, o relativismo moral, a miscigenação e o lobby do homossexualismo.

Neste excelente vídeo, o Tucker Carlson (Fox News) e o Prof. Jordan Peterson (Univ. Toronto) mostram-nos números e fatos que, não sendo novidade para quem estiver atento (o Prof. Warren Farrell denunciou tudo isto no início dos anos 80), corroboram a sombria realidade que descrevi no parágrafo anterior. A análise incide sobre os homens norte-americanos, mas a realidade dos homens no resto do Ocidente, sobretudo aqui no Bananistão, não é muito diferente…
Confira:
(Vá nas configurações/legendas/traduzir automaticamente e assista o vídeo em PT-BR)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s