A história do bebê Alfie Evans, mais uma vítima de um Estado ineficiente e opressor

Para muitos, esse pode ser um post duro de ver, mas por outro lado, absolutamente necessário. O vídeo a seguir conta a breve história de Alfie Evans, o bebê britânico , de 23 meses, morto no dia 28 de abril. Alfie sofria de uma rara doença degenerativa, a qual enfrentava desde seu nascimento e que resultou numa extensa e sofrida batalha judicial entre seus pais X o governo britânico, que se posicionou contra a manutenção do tratamento da criança, o que resultou na ordem de desligamento dos aparelhos médicos que o mantinham vivo por parte da “Justiça” britânica em uma atitude totalmente autoritária, arbitrária e desumana, já que um hospital na Itália havia se  disponibilizado em oferecer um tratamento médico que talvez pudesse prover alguma chance de sobrevivência ao bebê.

Já passou da hora que as pessoas em todo o mundo percebam que o poder do Estado não pode ser absoluto, muito antes pelo contrário. A função do Estado deve ser apenas de regular a sociedade para evitar abusos, e não cometer abusos ele próprio o faz todos os dias, privando os cidadãos do seu direito à escolha e à liberdade de expressão e de decidir sobre aspectos de suas vidas que apenas à aos mesmos lhes dizem respeito.

Quando concedemos ao Estado o poder de decidir sobre as nossas vidas, merecemos toda a opressão que vier a seguir… e acreditem: ela virá, e sempre será muita! Porque o Estado em si não existe, só existem as pessoas que constituem o Estado… e as pessoas, TODAS as pessoas, têm os seus próprios interesses, que basicamente pode-se resumir à foder a vida de todos aqueles que puder, para se ter benefício próprio ou simplesmente por pura maldade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s