Misandria no filme Valente: Nem tudo que reluz na Pixar é ouro

Começando pelo fato de q idealizadora do filme se declara feminista. Inclusive ela criticou a atriz q interpreta a Mérida no parque da Disney por ser muito magra.

Ela queria quebrar os padrões de beleza das princesas Disney com uma personagem ruiva? A Mérida é o resumo perfeito da feminista moderna. Passa o dia inteiro reclamando de opressão, embora seja uma patricinha privilegiada. Ela é uma princesa que tem muito tempo livre. Por isso, ela é tão boa no arco. Tem muito tempo pra praticar. Enquanto isso os garotos da idade dela já estão indo pra guerra para serem mortos ou mutilados.

Praticamente todos os homens do filme são idiotas, infantis e violentos. O pai da Mérida (assim como os outros líderes) agem como bebês enormes. Os pretendentes são os piores. Eles foram feitos especialmente para provocar repulsa e fazer a gente concordar com a Mérida por ela não querer se casar. Se eles fossem muitos bonitos ou atléticos então não teria um bom motivo pra evitar o casório.


A mãe da Mérida é a voz da razão. Os outros homens tem medo dela e a obedecem. Ela é mais rígida que o pai e é retratada como uma mulher machista antiquada. Mérida é a juventude lacradora.

Texto de: Bento Santiago

1 comentário Adicione o seu

  1. Anônimo disse:

    > Passa o dia inteiro reclamando de opressão, embora seja uma patricinha privilegiada.

    Acabaram de resumir o site de vcs.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s