BOMBA! Desenhista muçulmano da Marvel comete atentado à própria carreira

Na mesma semana em que a ex-casa das ideias teve que lidar com a repercussão do que foi dito em seu encontro com os principais lojistas dos Estados Unidos (e 1 do Canadá), em que eles finalmente admitiram que sua estratégia de merda de colocar questões como “diversidade” e ideologias políticas como temas principais em suas revistas de super-heróis não deu nem um pouco certo (pra dizer o mínimo), a Marvel ainda teve que lidar com mais outro problema que vem sendo igualmente discutido à exaustão e que conseguiu melindrar os sentimentos de muita gente: o atual desenhista de uma das principais revistas desse novo relançamento dos X-Men, o tosco  Ardian Syaf, na primeira edição da revista X-Men Gold inseriu de forma (não tão) sutil, algumas siglas e códigos religiosos e políticos em algumas páginas e que foram interpretados como mensagens subliminares anti-cristãs e anti-judaicas. Claro que isso não pegou nada bem nem pra Marvel, muito menos pro medíocre artista adorador do profeta pedófilo, como veremos a seguir… Continue Lendo “BOMBA! Desenhista muçulmano da Marvel comete atentado à própria carreira”

Finalmente a Marvel caiu na real: DIVERSIDADE FORÇADA NÃO VENDE GIBIS!

 

COMO É BOM ESTAR CERTO! Não é novidade pra ninguém que nós do Contra abominamos praticamente tudo o que a Marvel vem publicando nos últimos anos, com esses relançamentos um atrás do outro e com a premissa de promover a “diversidade” (de gênero, étnica, social, ideológica, etc.) Ou seja, fazer gibi lacrador pra justiceiro social (leia-se: idiotas da internet) bater palminha no Twitter e fazer textão lacrador no Facebook, mas, que na prática saíram-se verdadeiros fracassos, NÃO VENDERAM PORRA NENHUMA E NINGUÉM LEU. Finalmente caiu a ficha pra Marvel de que a direção que estavam tomando era totalmente errada, coisa que vínhamos repetindo constantemente desde que iniciamos nossas atividades aqui no Contra, há pouco mais de 1 ano atrás. Decididamente, somos um site à frente de nosso tempo. Continue Lendo “Finalmente a Marvel caiu na real: DIVERSIDADE FORÇADA NÃO VENDE GIBIS!”

Logan: Um Filme Medíocre embrulhado num pacotinho de Hype

Como nosso contronauta tradicional, você deve saber, como sempre, que o Contra, o Blog Mais Maldito da Internet, é também o Melhor Blog da Internet. E isso não é de graça.

Cada um nos nossos editores, redatores, pensadores visionários, tem sempre uma coisa em comum: auspícios sobre as verdades da vida que poucos conseguem enxergar, e coragem de desafiar as turbas de mentes covardes que se semearam durante o expurgo negro, também conhecido como “Inclusão Digital”. -Além disso, gostamos de cagar regra sempre que possível. Continue Lendo “Logan: Um Filme Medíocre embrulhado num pacotinho de Hype”

O Império Da Estupidez E Do Ódio Contra-Ataca…

Quando eu achava que os merds brasileiros tinham atingido o fundo do poço da boçalidade, escrotice e cretinice com os pitis intermináveis na internet, pedindo a cabeça do mongolão do Jorge Pontual por causa de UMA PORRA DE UMA BRINCADEIRA que ele fez com a morte da atriz Carrie Fisher, eterna musa dos gordinhos punheteiros do mundo todo Princesa Leia me vem os  gordos tetudos amerikkkanos me fazerem lembrar que lá (os Estados Unidos) é que é o berço dessa desgraça abjeta que convencionou-se a chamar de “Politicamente Correto” e que em questão de  retardo mental, eles ainda estão em primeiro lugar com todos os créditos merecidos – não que os nossos justiceiros sociais não se esforcem pra chegar ao mesmo nível de baixeza, mas, os gringos são fodas… Eles inventaram essas merdas, a gente aqui só imita. Bem, depois dessa frase de introdução que valeu por um parágrafo, vamos então ao que interessa…  Continue Lendo “O Império Da Estupidez E Do Ódio Contra-Ataca…”

Mais Uma Onda De Cancelamentos: A Decadência Criativa E Ideológica Da Marvel Continua…

Talvez o assunto mais comentado por aqui no Contra seja a péssima fase que os quadrinhos americanos de super-heróis vem passando nos dois últimos anos. Principalmente a Marvel, que se encontra em seu pior momento de todos os tempos. Um monte de decisões erradas que eles vem tomando sempre querendo promover agendas políticas de esquerda em geral, tipo o feminismo, o gayzismo e demais itens promovidos por aqueles chamados de “Guerreiros da Justiça Social”. Já há muito tempo que a Marvel não está mais preocupada em apresentar boas histórias ou mesmo de fazer dinheiro vendendo gibis de qualidade, ainda mais agora que eles tem seus filmes medíocres passando da casa do bilhão. Isso vem irritando os leitores americanos, que a cada mês estão deixando de comprar essas revistas, ainda mais com a DC voltando a chamar a atenção positivamente com o seu Rebirth. E como a Marvel responde à indiferença  de seus leitores e a iniciativa bem sucedida de sua concorrência? Lançando mais revistas lixos, que já nascem destinadas ao cancelamento, como veremos a seguir:

Continue Lendo “Mais Uma Onda De Cancelamentos: A Decadência Criativa E Ideológica Da Marvel Continua…”

O Império (Da Ditadura Gayzista) Contra Ataca…

Era uma vez, numa galáxia muito, muito distante… Uma cambada de filha da puta escroto que não consegue deixar ninguém em paz e que quer forçar goela abaixo de todo mundo as suas merdas o tempo todo. E um alvo que vem sendo constantemente atacado é a série de filmes Star wars. E esses filhos da puta conseguem ser mais nocivos e ameaçadores para toda a galáxia que qualquer Darth Vader ou Imperador Palpatine da vida. Continue Lendo “O Império (Da Ditadura Gayzista) Contra Ataca…”

Para trás, inditosa feminista! Esse desafio você NÃO VAI VENCER!

Fala Contronautas, Guantanamo aqui.

Todo mundo com um cérebro funcional sabe que essas malditas feministas nunca dão sossego e a baixaria mais recente delas envolve uma campanha de manchar a imagem de uma empresa de móveis. Para vocês entenderem o contexto da situação sigam esses links depois da leitura, para verem que ninguém aqui no Contra tira as coisas do cu pra falar, afinal temos um padrão de qualidade para manter.

Continue Lendo “Para trás, inditosa feminista! Esse desafio você NÃO VAI VENCER!”