Mel Gibson – o salvador do universo cinematográfico da DC?

“O que você de Mel Gibson ser o direitor do Esquadrão Suicida 2?”, me perguntaram…

Simplesmente não! Continue Lendo “Mel Gibson – o salvador do universo cinematográfico da DC?”

A Nova “Vilã” Da DC Que Conseguiu Unir A Direita E A Esquerda… Todos CONTRA Ela

Na última edição da revista do Batman, Detective Comics # 948, os escritores Marguerite Bennett e James Tynion IV apresentaram uma nova… digo, novo, er… personagem que tá dando (ui!) o que falar: a (vamos tratar como ‘ela’ mesmo, pois assim foi declarado) Dra. Vitória Outubro. E qual é a controvérsia que rola por trás (ai!) dessa tal  Vitória, afinal? O que é uma vilã a mais ou a menos no universo da morcega? Bem, aí que tá, amigo Contronauta… Nesse caso, a pessoa de quem estamos falando, em questão de ser “ele” ou “ela” é um pouquinho mais delicada, já que estamos falando de uma personagem declarada pela DC como sendo um/uma… transexual. Sim, amiguinhos, a mais nova inimiga do Cruzado Embucetado é uma cientista maligna traveca. E isso tá deixando muita gente dos dois extremos da ferradura de bunda dolorida, como mostrarei a seguir… Continue Lendo “A Nova “Vilã” Da DC Que Conseguiu Unir A Direita E A Esquerda… Todos CONTRA Ela”

O Rebirth Do Homossexualismo Como Doença Mental No DC Rebirth

A gente está sempre apontando e malhando as decisões de editoras e estúdios de mudarem a cor e a etnia de personagens estabelecidos, apenas para agradar um determinado nicho e pra levantar a bandeira do politicamente correto. Hoje, vamos falar de um caso pitoresco, em que o resultado foi exatamente o oposto da intenção. Ou seja, a emenda saiu bem pior que o soneto nessa nova descaracterização de um personagem para uma abordagem mais pós-moderna. Ao invés de soltar purpurina e balançar a bandeira do arco iris por mais um personagem hétero “convertido” para a irmandade, tem é muito gayzista levando por trás (e não gostando, veja você) com a forma que a DC Comics decidiu tirar mais um de seus personagens de quinta categoria do armário. Vai vendo… Continue Lendo “O Rebirth Do Homossexualismo Como Doença Mental No DC Rebirth”

Feminazis “empoderadas” desempoderam Mulher Maravilha e a ONU

Dois meses atrás, comentamos por aqui a respeito da iniciativa da ONU em nomear a Mulher Maravilha para “embaixadora honorária do empoderamento de mulheres e meninas”, seja lá o que caralhos esse termo pomposo queria significar na prática. Em tese (e não passou disso), a ideia era: usar a heroína como representante em campanhas de incentivo que visassem afirmar o papel das ‘mulheres e meninas’ na sociedade; trabalhar a questão da igualdade de gêneros; lutar contra a discriminação e as limitações que as mulheres sofrem (não sei quais); combater os abusos e agressões sofridas com base em seu gênero;  garantir seus direitos à igualdade de oportunidades em assumir papel de liderança em todas as esferas da vida, sobretudo no local de trabalho; garantir que todas as mulheres e meninas tivessem acesso a uma aprendizagem de qualidade; partilha de exemplos de mulheres e meninas da vida real  que estão fazendo a diferença todos os dias; e ressaltar a força e o “poder feminino” em vários e diversos aspectos… Enfim, essas merdas de sempre que são vistas diariamente por toda a mídia, movimentos estudantis e culturais, na internet e etc e que ninguém vê de fato alguém mexer a bunda pra fazer isso tudo acontecer…  Tudo muito bonito – na teoria – mas… Continue Lendo “Feminazis “empoderadas” desempoderam Mulher Maravilha e a ONU”

CODA, de Ray Bradbury

avt_ray-bradbury_5743

Antes de falar de cu e cultura, tenho que falar do bom e velho Ray Bradbury:

Ray era um cara esperto.

Continue Lendo “CODA, de Ray Bradbury”

​​Zack Snyder – O Visionário Míope da 7º Arte

Era o que deveria ter sido adaptado para o cinema: A Morte, depois o surgimento dos três supermen e, por fim,  O Retorno do verdadeiro Homem de Aço.
Seria fabuloso!  Imaginem o quanto aquele Superboy, com seu espírito revolucionário, não seria amado pela juventude de esquerda?  Imaginem o quanto o “Superman Justiceiro” – o Erradicador nao agradaria a direita? Imaginem o quanto o Aço nao agradaria os negros pela representatividade?  Imaginem o quanto o Super-cyborg não agradaria esta geraçao tecnológica? Poderia também introduzir a Supergirl para agradar a mulherada! Por fim, o verdadeiro Superman retornaria e agradaria a todos os fãs! Existiria DIVERSIDADE no cinema maior que essa?!

<!–more–>

Tudo isso poderia ser feito tranquilamente numa trilogia.
O roteiro estava PRONTO filme iria agradar gregos e troianos!
Seria algo grandioso!
Mas, Zack Snyder achou melhor IMPLODIR tudo de uma vez!

Quem vai ao cinema novamente ver o Superman morrer pelas mãos de um monstro?

Da mesma forma snyder estragou  uma adaptação do Cavaleiro das Trevas de Frank Miller; Quem vai ao cinema novamente ver um Batman envelhecido,  usando uma armadura,  dar um pau no Superman?

Snyder é um imbecil completo, pq estragou não apenas o filme que ele fez, mas as possíveis adaptações dos grandes clássicos da DC que poderiam ser feitas no cinema!

“Visionário”? Nao! O epíteto de Zack Snyder deve ser ” O Estrábico da 7º arte”!

-Jamy Milano

Trump: Making Comics Great Again

rs-214720-debate1

(*) Por Jamy Milano, do site Action e Comics e colaborador do Contra

Nerdaiada, não temas! Se com a eleição de Donald Trump houver uma nova Guerra Fria ou Mundial, será ótimo pra os leitores de quadrinhos. Eis o porquê: Continue Lendo “Trump: Making Comics Great Again”