Miss HELLsinki 2017

miss-helsinki-2013-finalistit
 Helsínki (ou Helsinque, como preferirem) é a capital da Finlândia e uma das melhores cidades para se viver no mundo, com um altíssimo IDH e referência em qualidade de vida e desenvolvimento econômico e social. A Finlândia também é notória por ser um dos países felizardos por ter algumas das mulheres mais lindas do mundo. Bem, dito isso, agora vamos dar uma olhada nas finalistas do concurso de Miss Helsinki 2017 :

Continue Lendo “Miss HELLsinki 2017”

Homens e mulheres brancos e héteros: A MTV É RACISTA E ODEIA VOCÊS!

Reza a lenda que em priscas eras, a MTV foi uma emissora de TV que tinha como seu principal conteúdo a música e assuntos correlatos a ela. Isso foi há muuuuuuuuuitos anos atrás, hoje, o mundo tá pouco se fodendo pra essa inexpressiva emissora. A verdade é que ninguém precisa mais da MTV. As gravadoras e os artistas certamente é que não. Os telespectadores, com o Youtube e outros canais de vídeo, muito menos. Os consumidores, do que quer que seja, nem se fala. Enfim, vamos encarar os fatos: a MTV há uns bons 15 anos aí não passa de um veículo decadente e em franco processo de extinção.  Tirando comunicólogos e formandos em História da Comunicação, ninguém vai sentir falta da MTV. Resumindo, se nem mesmo nos anos 90 a MTV tinha algo de relevante, hoje ela é só uma nota de rodapé na história da cultura pop mundial.  Continue Lendo “Homens e mulheres brancos e héteros: A MTV É RACISTA E ODEIA VOCÊS!”

John Byrne CONTRA a Mudança De Etnia Nos Filmes De Super-Heróis

cosmic

Essa é um pouco velha, mas, como teve mínima cobertura da ‘imprensa especializada’ brasileira na época, vale a pena relembrar. Talvez, porque mesmo com toda a repercussão que deu, o mimimi nao estava tão generalizado e estridente como agora, logo, não chamou a mesma atenção que chamaria hoje. Mesmo assim, não custa refletir sobre o que um veterano da indústria dos quadrinhos tem a dizer sobre esse assunto tão em voga atualmente que é a mudança de etnia dos personagens de quadrinhos nas adaptações cinematográficas – apesar, que grande parte disso também vale para os quadrinhos em si, levando em conta o rumo que as coisas estão indo, principalmente a Marvel. E desta vez, quem está falando não somos nós que somos constantemente acusados por nossos detratores de emitir “discurso de ódio” e outras merdas do tipo, mas, sim, um renomado artista que fez sua gloriosa e invejável carreira  conduzindo os maiores personagens das duas grandes editoras americanas, Marvel e DC.

Continue Lendo “John Byrne CONTRA a Mudança De Etnia Nos Filmes De Super-Heróis”

Just Because She´s Not So Black: Zoe Saldana, A Atriz Negra Que Não É Negra O Bastante…

A atriz Zoe Saldana é uma velha conhecida da maioria dos merds que acompanham os lançamentos de filmes de ação e de super-heróis nos últimos anos. Zoe tem sido figurinha carimbada em vários desses blockbusters, emprestando sua carinha bonita pra várias personagens, de todo tipo de raça e cor.   Enfim, sem entrar no mérito de ser uma boa atriz, ou não, ao menos a gente sabe que com ela não tem tempo ruim no quesito caracterização. E na opinião de gente como James Cameron e James Gunn, ela está bem qualificada para interpretar todo tipo de personagem, por mais inusitada que seja sua raça ou cor, desde uma alienígena verde a uma guerreira azul. No entanto, para alguns ativistas do movimento negro dos Estados unidos, esta mulher não tem a pele suficientemente escura para poder ser considerada negra, tampouco para representar uma conhecida cantora negra. Os “guerreiros da justiça social” lá da terra do Tio Sam ficaram muito indignados. Porquê? Leiam e descubram, caros Contronautas:

Continue Lendo “Just Because She´s Not So Black: Zoe Saldana, A Atriz Negra Que Não É Negra O Bastante…”

Não Sentir Atração Física Por Pessoas “De Cor” Faz De Você Um RACISTA!

preciosa2

E chegamos ao terceiro artigo da nossa Série Especial da Semana da Consciência Negra, com mais um episódio verdadeiramente surreal de inversão de valores, autoritarismo e racismo anti-branco, desta vez  na “terra da liberdade”, mas, ao contrário das expectativas padrões, tudo isso vem “do outro lado”, aquele que não comete esse tipo de abuso, afinal, são sempre os “oprimidxs”. Ano passado, na Universidade de Colorado, um estudante foi suspenso por seis meses sob a alegação de “comportamento abusivo”. Até aí, nada de mais… isso acontece todos os dias em todo lugar e nem por isso, vira notícia, ainda mais, algo a ser digno de nota e merecer um artigo do Contra, mas, calma, que tem um bom motivo pra gente estar falando disso por aqui. “Mas o que esse cara fez afinal, Imperador?“, perguntará arguto e apoplético Contronauta. “Violentou alguém? Ameaçou alguém de morte? Disse que tinha uma bomba?“…

Continue Lendo “Não Sentir Atração Física Por Pessoas “De Cor” Faz De Você Um RACISTA!”

Contra o Racismo – De Qualquer Espécie

nao-me-vejo-nao-compro

Nesta semana postaram no Facebook uma foto que foi motivo de muita discussão. Na tal foto, uma menina negra está de frente a uma vitrine de mochilas da  Barbie, segurando uma cartaz com o seguinte texto impresso: “Não me vejo, não compro”.  Para quem não sabe, esse é o lema de uma campanha na internet contra a falta de representatividade negra em produtos de consumo, bem como  de personagens afirmativos nos meios de comunicação, na cultura e na arte. Se o arguto Contronauta der uma procuradinha rápida no Google, vai encontrar diversos sites que apoiam esse movimento e pode ficar de estômago embrulhado com a quantidade de chorume vitimista que tem nessas publicações (é cada merda que tem lá, PQP…), além é claro do mais puro e revoltante RACISMO. Sim, isso mesmo, Caro Contronauta, racismo. Racismo de negros contra tudo o que você pode imaginar. Por isso, não vem com a falácia de “não existe racismo reverso”, que não tem. Essa é uma praga que está arraigada em todos os seres humanos. Seja lá qual for a cor da  pele, todos nós já sofremos preconceito de alguma forma, então estamos todos no mesmo barco. Ele está incutido profundamente em nossas mentes, e pelo que vejo, essa porra nunca vai acabar, enquanto existir filho da puta colocando essas bostas na cabeça das crianças desde muito cedo, como é o caso dessa campanha repulsiva e pusilânime. Continue Lendo “Contra o Racismo – De Qualquer Espécie”

Just Because He´s NOT Black

No final do ano passado, a Marvel fez mais um relançamento ad eternum, ad nauseum de toda sua linha de revistas mensais.  Dentre a caralhada de títulos anunciados (cuja maioria, ninguém pediu e estavam pouco se fodendo), tinha uma revista nova do Blade, o Caçador de Vampiros, personagem menor do escalão de heróis da editora, que só se notabilizou pela trilogia de filmes estrelados pelo figuraça Wesley Snipes no final dos anos 90 e começo dos 2000. Só que essa versão não se trata do personagem que (pouco) conhecemos, mas, sim, de uma novA caçadorA de vampiros, uma versão, mais, digamos assim… “condizente com os tempos atuais” e principalmente, com o status quo vigente na Casa das Idéias (de merda). Ou seja, sai o meio-humano/meio-vampiro boladão e neurótico para entrar no lugar uma mocinha,  uma heroína com trejeitos de Beyonce na época do Destiny Child, saindo por aí arrancando a cabeça de machinho hétero branco cisgênero opressor vampiro, muito provavelmente com algum discurso rasteiro de politicamente correto e camada social e racial, coisa típica de quase todos os gibis da Marvel de hoje em dia. E não é preconceito, não, mas, do jeito que a coisa tá indo, com eles enfiando discurso panfletário afirmativo em tudo o que podem e conseguem, uma revista com essa premissa seria um prato cheio pra se tornar um cult SJW adorado pelos 5 retardados que comprariam esse lixo. Maaaaaaaaas… não vai acontecer.

Continue Lendo “Just Because He´s NOT Black”