A Nova “Vilã” Da DC Que Conseguiu Unir A Direita E A Esquerda… Todos CONTRA Ela

Na última edição da revista do Batman, Detective Comics # 948, os escritores Marguerite Bennett e James Tynion IV apresentaram uma nova… digo, novo, er… personagem que tá dando (ui!) o que falar: a (vamos tratar como ‘ela’ mesmo, pois assim foi declarado) Dra. Vitória Outubro. E qual é a controvérsia que rola por trás (ai!) dessa tal  Vitória, afinal? O que é uma vilã a mais ou a menos no universo da morcega? Bem, aí que tá, amigo Contronauta… Nesse caso, a pessoa de quem estamos falando, em questão de ser “ele” ou “ela” é um pouquinho mais delicada, já que estamos falando de uma personagem declarada pela DC como sendo um/uma… transexual. Sim, amiguinhos, a mais nova inimiga do Cruzado Embucetado é uma cientista maligna traveca. E isso tá deixando muita gente dos dois extremos da ferradura de bunda dolorida, como mostrarei a seguir… Continue Lendo “A Nova “Vilã” Da DC Que Conseguiu Unir A Direita E A Esquerda… Todos CONTRA Ela”

O Império (Da Ditadura Gayzista) Contra Ataca…

Era uma vez, numa galáxia muito, muito distante… Uma cambada de filha da puta escroto que não consegue deixar ninguém em paz e que quer forçar goela abaixo de todo mundo as suas merdas o tempo todo. E um alvo que vem sendo constantemente atacado é a série de filmes Star wars. E esses filhos da puta conseguem ser mais nocivos e ameaçadores para toda a galáxia que qualquer Darth Vader ou Imperador Palpatine da vida. Continue Lendo “O Império (Da Ditadura Gayzista) Contra Ataca…”

Sabia Que Não Comprar  HQs De Autores “De Cor” Faz De Você Um Racista?

Quem caralhos é  Tee “Vixen” Franklin? Sinceramente, não tinha a menor ideia até pouco tempo atrás, quando ocorreu o painel #BlackComicsMonth na NYCC do mês passado, que tratou de… advinha você, diversidade nos quadrinhos. Depois de ler alguns artigos (como esse aqui) sobre o tal painel e sua atuação nele… ainda não tenho certeza, hahahaha. Na melhor das hipóteses, ela é uma pilantra oportunista “roteirista de quadrinhos” em fase terminal – se é que ela pode  ser considerada ao menos isso. Além de escrever gibis obscuros que ninguém nunca ouviu falar, Tee é uma ativista agresssiva, que milita por mais espaço reservado a inclusão de’pessoas de cor’, como ela mesmo diz, na indústria de quadrinhos americana. Dentre as pautas defendidas por ela estão: que fãs de quadrinhos suportem Hq´s afirmativas; a importância de ter diversidade nos cargos executivos e em outras posições de tomada de decisão; e o mais interessante de todos: doutrinação inclusiva mudança da mentalidade para ajustar a demografia leitor atuais. Enfim, né… a indústria de quadrinhos americana vem sido dominada exclusivmente por malvados homens brancos, héteros, cis, de meia idade e opressores, que, segundo Tee, vem impondo seus desmandos à pobre comunidade de fãs e leitores e ditando o que eles podem e devem ler.  Como esses velhos branquelos nojentos não tem feito um trabalho minimamente decente nesses 80 anos de história, é chegada a hora de mudar essa porra, afinal, estamos em 2016, não é mesmo?

Continue Lendo “Sabia Que Não Comprar  HQs De Autores “De Cor” Faz De Você Um Racista?”

SJW, Senta No Punho De Ferro E Roda

Já disse várias vezes aqui (e direi tantas outras forem preciso): SJW é uma raça tão desgraçada, que eles não são solidários nem no câncer – aliás, não existe parasita mais cancerígeno que o próprio SJW, eles são a escória da humanidade. Além de parasitas da vida alheia, são extremamente traiçoeiros também. Por outro lado, não deixa de ser engraçado que a mais recente vítima do ódio da malta justiceira que vamos comentar aqui, seja justamente uma das empresas mais queridas por esses animais, a Netflix. Sim, caro Contronauta, a Netflix, fofucha, linda, lacradora e que é só amor, agora é alvo do chorume dessa galerinha do mal. E, junto com ela, vem a editora de quadrinhos americanos que vem tendo a postura mais submissa e bovina aos desmandos dessa corja nos últimos anos: sim, claro que estou falando da nossa considerada Marvel Comics, que submeteu quase a totalidade de sua linha de revistas para atender os desmandos de uma minoria nefasta, o que vem ocasionando o abandono e desprezo por parte de seus verdadeiros fãs e colecionadores de longa data e por consequência, a devida retomada da Distinta Concorrência na preferência (e do bolso) dos leitores americanos e o resultado disso são 3 meses de fubecadas homéricas no rabo que a Marvel vem tomando nas vendas. Mas, enfim, o que aconteceu desta vez pra fazer essa turminha tãããão legal, tããããão gente boa à morder a mão de duas das produtoras de conteúdo mais subalternas à sua nobre causa? Vai vendo… Continue Lendo “SJW, Senta No Punho De Ferro E Roda”